CLÉU ARAÚJO
Crônicas Contos Aforismos Fatos Invenções

A procura

por: Cléo Araújo

07 FEV

2007

Moça de 1,60m, amante de Clarice Lispector, procura namoro romântico com homem de mais de 35 anos, mentalmente são e que saiba dançar salsa.

Homem de 36 anos e meio, mentalmente são, divorciado, amante dos ritmos latinos, procura moça de menos de 25 anos, loira, solteira, alta, seios grandes e disposta a um relacionamento aberto.

Moça de 29 anos, loira, apaixonada por Londres, moderna e nômade, procura homem estrangeiro, com mais de 40 anos, ares de Robert Redford, cujo sonho seja se mudar para África.

Homem com mais de 40, alemão naturalizado brasileiro, procura pousada em Boipeba, na Bahia, para comprar e fixar residência. Procura, também, mulher de pele jambo, olhos de tigreza, para se casar e ter filhos.

Moça de olhos de tigreza, 30 anos, procura uma forma de mostrar para o mundo que não procura ninguém.

Moço de 32 anos, bom gosto, bons modos, lindo de morrer, procura outro moço de 32 anos, bom gosto, bons modos e lindo de morrer.

Moça de 32 anos, financeiramente independente, cansou de procurar. Não procura mais nada em lugar nenhum.

Homem de 40 anos, que mora com os pais, nunca procurou nada nessa vida, mas também nunca achou.

Cadelinha de um ano e meio procura um pedaço de pizza que escondeu sob a almofada do encosto do sofá.

Dona de cadelinha de um ano e meio procura um hotelzinho de cães onde possa deixá-la em segurança durante o Carnaval.

Rapaz de 32 anos procura, de última hora, um abadá para qualquer bloco de Carnaval em Salvador.

Garota de 30 anos procura nunca ter que encontrar um rapaz de 32 anos que ainda planeje passar o Carnaval em Salvador.

Mulher bêbada procura seu sutiã na casa de homem com que passou a noite para se esquecer do ex-namorado.

Homem bêbado procura esquecer que dormiu com outra mulher que não com a sua namorada.

Homem supostamente adulto procura um jeito, qualquer que seja ele, de se sentir feliz.

Mulher que se sente feliz procura dar conselhos a outra mulher que parece não se sentir tão feliz assim.

Mulher que parece não se sentir tão feliz assim procura mostrar que não quer conselhos de outra mulher que se sente feliz.

E tudo é procura…

Uma procura sem meio, sem jeito, sem nexo, sem sentido, sem cura…

E tudo vira essa falta de encontro.

Um desencontro completo, crescente, frenético, histérico…

Um desencontro eterno, solitário e sem fim.

Deixe seu Comentário

Aviso: A moderação de comentários está habilitada e pode atrasar seu comentário. Não há necessidade de reenviar seu comentário.