CLÉU ARAÚJO
Crônicas Contos Aforismos Fatos Invenções

Quando eu chover

por: Cléo Araújo

07 NOV

2006

Eu acho que queria chover.
Queria que minhas águas quentes evaporassem,
Subissem até a estratosfera
E formassem cúmulos-nimbos.
Eles se chocariam com uma frente fria
E trovoaria, relampejaria, ventaria forte
E eu cairia de novo,
Liquefeita.

A outra parte de mim estaria lá embaixo,
Ansiosa,
Esperando chover.
E quando caísse minha primeira gota
Eu sorriria,
E ficaria lá, molhada,
Sem guarda-chuva,
Rebatizando-me de mim mesma.

Deixe seu Comentário

Aviso: A moderação de comentários está habilitada e pode atrasar seu comentário. Não há necessidade de reenviar seu comentário.